Como Montar Você Mesmo o Seu Treino Para Academia

Como Montar Você Mesmo o Seu Treino Para Academia

Infelizmente depois um tempo fazendo academia é normal que caia a motivação, que vem de seguir uma rotina de fazer os mesmos exercícios, além de não ter os resultados que esperava lá no início quando fez a sua inscrição.

Qual o Melhor Programa de Emagrecimento Online?

Daí procura um instrutor para rever sua ficha e saber o que pode ser alterado, ou melhor, melhorado, inclusive para continuar evoluindo. Mas como se seguisse um padrão, mesmo realizando alterações, no final continua com os exercícios chatos e os aparelhos que estão sempre lotados. E o resultado é que a falta de motivação continua e você já até repensa se deve continuar frequentando a academia.

O problema é que quando fez sua inscrição estava com a motivação lá em cima e fez logo o plano anual, para garantir que manteria o foco no estilo de vida saudável! Daí mesmo sem vontade pensa “não adianta, eu tenho que ir!”. E como a questão que vem te desmotivando são os exercícios decide que você mesmo vai montar o seu treino para academia. Mas como fazer isso? Bem, neste post vamos listar algumas dicas para que consiga montar uma ficha completa de treino, feita apenas com os exercícios de sua preferência.

E de bônus ainda vamos disponibilizar uma planilha para que possa montar e gerenciar seus treinos. Depois é só salvar no celular e levar nos treinos.

Reavaliação Física

O primeiro ponto a frustrar quem faz academia é a reavaliação física. Você vai todo empolgado achando que vão lhe apresentar informações importantíssimas sobre os resultados de sua evolução, mas infelizmente está bem longe disso. Com uma olhada no espelho e uma pesagem na balança teria a mesma resposta e sem precisar pagar! Aliás, muitos acusam academias de forçarem estas reavaliações com a intenção de faturar mais em cima do aluno. Se já fez uma reavaliação muito provavelmente ficou com essa sensação.

O problema é que as avaliações deveriam ser focadas de verdade em determinados objetivos, mas na prática servem apenas para exibir o seu diagnóstico. Isto frustra bastante, pois percebe que não tem uma meta real ao fazer academia. Enfim, depois de um tempo fazendo reavaliações é normal desistir e seguir por conta própria.

Como Montar Você Mesmo o Seu Treino Para Academia

Dá Para Fazer Somente o Que Quero?

A questão é que deve existir um equilíbrio entre o que você quer fazer, o que pode fazer, e a sua real necessidade! Por exemplo, não adianta querer fazer aulas de dança (exercícios aeróbicos) livremente se sofre com algum tipo de dores nos joelhos. E ainda temos aquele exemplo clássico de pessoas que querem a todo custo ganhar músculos, mas não querem fazer exercícios que ajudem a queimar gorduras e até dar aquela modelada no corpo.

Porém, aqui estamos exemplificando para uma pessoa que já malha há algum tempo e deseja montar o seu treino para academia. Neste caso, podemos dizer que dá sim para fazer apenas o que deseja! Uma vez que existem diversas opções de exercícios e com certeza poderá selecionar o que mais lhe agrada em cada tipo de modalidade ou objetivo.

Lógica de um Treino de Academia

No geral os treinos de academia seguem a configuração de cima para baixo. Em que vai malhar membros superiores seguidos dos inferiores. E seguindo esta lógica fazem algumas variações como alternar bíceps e tríceps, ou flexor com extensor; e por aí vai. No final tem uma ficha (A/B) com exercícios para membros superiores e inferiores.

As séries também seguem um padrão sendo que cada exercício é realizado de 3 a 4 vezes, com 8, 10 ou 12 repetições em cada. Isto com intervalos “programados” de 1 minuto. E para completar, o peso é definido individualmente, com o tanto que o aluno consegue puxar para realizar o exercício corretamente, sem forçar ou sem ficar leve demais.

Para completar a ficha de exercícios, no final do treino são incluídos alguns tipos de abdominais e/ou então algum tipo de exercício ou atividade aeróbica, como esteira. Sendo que tudo vai depender do dia da ficha (A/B).

Antes de prosseguir é bom deixar claro de que não estamos querendo diminuir a importância dos profissionais de educação física que preparam os treinos. O que estamos ilustrando aqui serve para qualquer tipo de instrutor ou professor. Por mais que tenha o seu método, ele com certeza precisa seguir uma lógica, que no final será a responsável pelos resultados. E se você está com vontade de montar o seu treino para academia é por estar se sentindo capaz de fazer isso. Então veja como pode fazer!

Montando o Seu Primeiro Treino Para Academia

Seguindo a lógica que apresentamos vamos listar os membros que pode incluir no seu treino:

  • Ombros
  • Costas
  • Peito
  • Bíceps
  • Tríceps
  • Pernas (coxas)
  • Panturrilha
  • Abdominais

Uma vez que sabe quais membros trabalhar basta listar os exercícios indicados para cada um dos membros. Não temos como listar todos os treinos aqui, mas pode conferir em um dos canais fitness. Com certeza irá encontrar um treino de seu agrado.

Depois de fazer suas anotações e definir quais vão ser os exercícios de cada dia da sua ficha (pode ser A/B, por exemplo) basta montar o seu treino para academia. Para lhe ajudar desenvolvemos uma planilha de treinos. Conforme o modelo preencha com seus exercícios, salve em PDF e depois transfira para seu celular. Daí é só levar para academia e realizar seus treinos normalmente.

É isso! Depois de montar seu treino para academia não deixe de compartilhar sua experiência com outros leitores. Continue no Blog Fitness, Seu Guia Fitness para conferir outros conteúdos e dicas para um estilo de vida saudável.

BAIXE O NOVO GUIA FITNESS 2019

CONFIRA NOSSOS MATERIAIS GRATUITOS.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*